quarta-feira, dezembro 08, 2010

SENHORA DA CONCEIÇÃO

Em Alcobaça a memória
Chama-te Mãe da Vitória,
Ao relembrar Santarém;
E, mais além, na Batalha,
Que o Mestre quis por mortalha,
És da Vitória também.
.
Mas foi em Vila Viçosa
Que, Virgem Mãe, poderosa
Senhora da Conceição,
Abriste porta à coragem,
Abençoando a linhagem
Que resgatou a Nação.
.
És, Santa Mãe, Padroeira,
Entre as rainhas, primeira,
Das terras de Portugal,
Dom João o decretou
E o povo todo aclamou.
És devoção nacional!
.
Vítor Cintra
Do livro: AFAGOS

2 comentários:

Maria disse...

Lindíssimo poema em homenagem a Nossa Senhora da Conceição.
Beijinhos
Maria

as-nunes disse...

Nª Sra. da Conceição também é Padroeira do Telheiro, povoação da freguesia da Barreira, Leiria, onde vivo.

Todos os anos se faz uma Festa com procissão e tudo. Em Agosto.

o poema é bonito, um hino sentido!

António