terça-feira, setembro 28, 2010

SORRINDO

Se abres sorrisos à vida
Vivem teus olhos um sonho,
Que há-de espelhar-se em seguida
Nesse teu rosto risonho.
.
Só vive a vida sorrindo
Quem de amarguras se despe
E, se num quadro mais lindo,
Pinta, do mundo, o que preste.
.
Quadro que, nos tons vibrantes,
Põe, transbordando de luz,
Gestos que o sonho traduz.
.
Gestos que são importantes
P'ra quem de amor se perdeu
Nesse sorriso tão teu.
.
Vítor Cintra
Do livro ENTRE O LONGE E O DISTANTE

4 comentários:

Maria da Luz Borges disse...

Lindo!!!

carlos pereira disse...

Mais um soneto perfeito, belo.É um prazer ler a sua poesia.
Um abraço.

Sonhadora disse...

Meu querido Victor
Como sempre maravilhoso o teu poema.
Obrigada pelo carinho de sempre.

Beijinhos
Sonhadora

Zélia Guardiano disse...

Lindo poema, Victor!
E fazer a leitura ao som desta seleção musical maravilhosa, torna o momento ainda mais especial!
Adorei, querido!
Grande abraço!