quinta-feira, setembro 02, 2010

DELFINA

Filha de Delfos, que fazes
No topo dessa colina?...
Teus olhos são bem capazes
De te tornarem menina,
Na busca do tal momento,
Que chega na voz do vento.
.
Se Pítia te lançou já
O Dom do seu vaticínio,
Só o futuro dirá
Se é bom, ou mau, reciocínio
A escolha duma aventura
Que à vida traga doçura.
.
Vítor Cintra
Do livro ENTRE O LONGE E O DISTANTE

1 comentário:

Antonielson Sousa disse...

Olá, poesias muito bém criadas...Tens quantos lívros publicados...?

Passa no meu blog:

http://almadoescritor.blogspot.com/

Abraços

Antonielson Sousa