terça-feira, janeiro 13, 2009

IMAGEM



Quem não preserva seus dotes
P'ra usos com fim capaz,
Sujeita-se a pôr garrotes
Em tudo o que mais lhe apraz.

Quem troca a sua virtude
Por mero, fugaz prazer,
Arrisca a sua saúde
E deita tudo a perder.

Há quem pense que não paga
Abusos, libertinagem,
Por gozo de um só momento,

Mas, quando o fogo se apaga,
Queimada resta a imagem,
Sem brilho, ou qualquer alento.


VITOR CINTRA
do livro " RECADOS "