segunda-feira, maio 22, 2006

SENTIMENTOS





SENTIMENTOS



Vindos do fundo dos tempos,
Por caminhos sempre estranhos,
Chegam-nos os sentimentos
Que, por vezes, são tamanhos.


Uns são bons, ás vezes tanto
Que nos causam mesmo medo;
Muitos provocam o pranto,
Outros exigem segredo.


Sempre que um deles desponta,
Em momento inesperado,
Deixa alguém angustiado;

É que, mesmo sem dar conta,
Quem por ele é atingido
Fica até surpreendido.


Vitor Cintra

Do livro " ECOS "

4 comentários:

Anónimo disse...

Amo o Lionel Ritchie. O poema só faz o blog ficar mais agradável ainda.. um beijinho!


LU OLHOSDEMAR

Papoila disse...

O poema sobre os entimentos do fundo dos tempos é muito profundo e intenso.
A cantiga de Lionel Ritchie encanta neste conjunto.
Beijo

Juda disse...

Vitor... boas... gosto do canto, belas letras e fotos, sempre que viajo deixo marcos para voltar, um abraço...

Anónimo disse...

A escolha de Lionel Ritchie para ilustrar estes poemas, revela a sensibilidade de uma Alma de Poeta.
Um encanto!
João