domingo, setembro 16, 2007

TACTO







TACTO


Quando me exortas
Sem arremedos,
Abrem-se portas,
Calam-se os medos;
E a horas mortas,
Os meus segredos
Abrem comportas,
Sem mais enredos.



Vitor Cintra


do Livro " Vertigem "

3 comentários:

©õllyß®y disse...

é bom sempre ter uma porta aberta...

Doce beijo

Bia disse...

Versos gostosos de ler, prazerosa de sentir a emoção que expressam.

Deixo-te pétalas perfumadas para enfeitar o teu dia.

Anónimo disse...

Escrevestes pouco e...

dissestes TUDO!

Sem medo de ser FELIZ!.

Obrigada por dizeres o que não sei expressar...e sinto.

Muitas flores para colorir, alegrar e perfumar todos os teus momentos.

Grande abraço da amiga
Zorilda.