sexta-feira, setembro 18, 2009

APENAS TU....Poema de VITOR CINTRA




Foste chegando.
Insinuante,
Meiga.
Pé ante pé,
Sorriso de alento,
Presente,
Constante,
Invadindo a minha alma.
Na voz doce,
O mimo e a calma,
O auto de fé,
Da alma, que é leiga.
O fim do tormento.
Já nada sobrando
Da angústia latente,
Qualquer que ela fosse,
Apenas tu.

A paz!




VITOR CINTRA

do livro " Pedaços do Meu Sentir "
(à venda nas livrarias )





2 comentários:

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDO VICTOR, A MINHA AUSÊNCIA DEVEU-SE A UMA CIRURGIA AO CORAÇÃO DE EMERGÊNCIA... ESTOU VOLTANDO AOS POUCOS!!!
VOTOS DE UM MARAVILHOSO FIM DE SEMANA... O TEU POEMA ESTÁ SUBLIME AMIGO!!!
ABRAÇOS DE MUITA AMIZADE,
FERNANDINHA

Tina disse...

A fé em poema ou a paz que a alma acalenta. Ou ambos.
Em versos e em imagem!

Abraço.
Tina