quinta-feira, janeiro 17, 2008

* É TRISTE *






É TRISTE



É triste ver ruir uma amizade,

Por falta de lisura no fazer,

Pois, mesmo quando há necessidade,

Não pode ver-se ganho em se perder.


É triste, por tão pouco, ver distantes,

Por força de egoísmo, sem sentido,

Amigos que, de há muitos anos antes,

Se tinham de amizade conduzido.


Que frágil se revela um sentimento

Que aceita desfazer-se, num momento,

Num gesto de desprezo, desleal


E actos, repetidos, de desfeita

Que, quando uma amizade se respeita,

Não pode, um só, tomar-se por normal.



VITOR CINTRA


"Murmúrios "

2 comentários:

Odele Souza disse...

Olá poeta,
Teu poema retrata uma realidade.Infelizmente.

Um abraço

tibeu disse...

Adorei teu blog. Parabens