terça-feira, julho 11, 2006

CERTEZA




CERTEZA



Chegou o momento
De te recordar,
Cabelos ao vento,
A luz no olhar,
Sorriso de alento
E seios de altar,
Andar de tormento,
Desejo de amar.


Com toda a candura,
Sonhando ternura;
Esbelta figura;
Beleza madura.


Nenhum pensamento,
Me vai dominar,
Além do intento
De te conquistar.
Se algum sofrimento
Me pode marcar
É só por ver lento
O teu regressar.



Vitor Cintra

Do livro " Memórias "

6 comentários:

Princesola disse...

Se algum sofrimento
Me pode marcar
É só por ver lento
O teu regressar.

Lindo, mais uma vez. Feliz a mulher que te inspira...

Agradeço a visita ao meu cantinho.

Hilda disse...

Só não tenho palavras ... acabei de ouvir essa frase na linda música de fundo.

E traduziu meu pensamento .. sem palavras para dizer como gostei!
Obrigada, Alma de Poeta!

Jamour disse...

divinal ;) Agradeço desde já as tuas visitas ao meu canto. Convido-te para festejar mais um ano. O meu canto faz dois aninhos. Aparece para bebermos um copo e saborearmos estas tuas lindas palavras.

maresia_mar disse...

Olá
cada poema melhor do que o outro.. lindo demais.. Bjhs

su disse...

Memória...saudade...vontade no acto de regresso...nostalgia ondulante nas palavras...

Princesola disse...

Voltei para ler mais um bocado, já vi quase tudo. È sensacional.