sábado, junho 10, 2006

SEIOS...poema de VITOR CINTRA




SEIOS

Seios pequenos, discretos,
Seios rebeldes, erectos,
Feitos desejos secretos.


Seios redondos e quentes,
Seios desnudos, frementes,
Colos d'amor, exigentes.


Seios luxúria, vibrantes,
Seios gulosos, de amantes,
Dons de paixões escaldantes.


Seios crescidos, maduros,
Seios pujantes, seguros,
Sons de silêncios impuros.


Seios enormes, caídos,
Seios vazios erguidos,
Resto de tempos vividos.



Vitor Cintra


Do livro "PEDAÇOS DO MEU SENTIR"
(à venda nas livrarias)

8 comentários:

Hilda disse...

Seios pequenos, discretos,
.....................
Seios redondos e quentes,
.......................
Dons de paixões escaldantes.
........................
Seios enormes, caídos,

Linda Alma de Poeta,linda poesia de Vitor Cintra, nela com sutiliza e beleza, ele fala e enaltece todas as mulheres!
Parabéns também pela foto!

Mary disse...

Linda poesia meu amigo e é a pura verdade pois existe seios de todas as maneiras.
super beijo e bom domingo pra você

É assim que eu sou disse...

Passando para desejar bom domingo.
Linda poesia.
Um abraço

Papoila disse...

Um hino à mulher este poema de Vitor Cintra.
Belíssimo.
Beijo

Saramar disse...

Vitor, bom dia.
Lindo, lindo canto em homenagem a todas as mulheres.
Maravilhoso.

Beijos e feliz dia dos namorados.

princesinha0 disse...

bonita poesia bao semana pra você

BlueShell disse...

Lindo mesmo!

...mas hoje...estou assim...triste...só, de abandono vestida!
BShell

Poesia Portuguesa disse...

Poema e imagem de uma sensibilidade que me tocou. Peço autorização para o transcrever no meu Blog, bem como da imagem. Algum inconveniente o mesmo não será publicado.

Um abraço e grata pela partilha ;)