sexta-feira, junho 02, 2006

REMORSO





REMORSO



Tolhido por certezas indiscretas,
Julgadas enterradas noutro tempo,
Ouviu, num doloroso pensamento,
Palavras sem sentido, mas directas.


Distantes, mas tão perto da lembrança,
Causando indisfarcável sofrimento,
Surgiam, na memória do momento,
Fantasmas, revividos por herança.


Na alma, despertando envergonhada,
Ardiam, como brasas, lentamente,
Os gritos duma angústia permanente.


Por vezes, ecoando quase nada,
Surgiam, só a medo, docemente,
Sintomas de quem vive alegremente.


Vitor Cintra


Do livro "ECOS"

8 comentários:

Anónimo disse...

Ler estes poemas, é o mesmo que navegar em céus de prazer.
Nilzeth Cumbre

prof. juvenal disse...

Muito prazeroso ler teus poemas.
Abraços e um lindo sábado.

Hilda disse...

Vitor, cheguei aqui através do outro blog seu, o "Poema de Vez em Quando" do qual já era fã ... agora, depois de ler TODAS poesias desse, nem sei dizer o que sou .. fã, admiradora ... é pouco! Parece que elas, as poesias (ou o autor?), mergulharam em mim, pesquisaram meus sentimentos, minhas emoções e lembranças ... palmas para o poeta!

Mary disse...

Oi querido amigo
Lindo este poema parabéns pela escolha.
Vim te desejar um ótimo domingo e uma semana cheia de coisas boas.
beijoss

Angélica disse...

Ai ke remorso..rsrrsrss..muito gracinha esse poema...vim dar beijo em ti..e desejar otimo domingo..beijao!!!!!!!!!

Angélica disse...

AHHHH esqueci de dizer uma coisa..nao vim aki te dar beijos..esses dois ultimos dias..pq a weblogger estava fora do ar..meu bloguinhu tava em greve..beijaum p ti dnovo!ahh e nao repara meu modo de digitar..superr errado né?..mas é a convivençia virtual..aff..aki aprendi coisas boas..e coisas ruins..tipo assim..comer letras vogais sílabas e etc..rsrrsrs bjosssss!

Papoila disse...

Caro Amigo, remorso é não ter o prazer de o ler.
Bom domingo.
Beijo

É assim que eu sou disse...

Bom estar de volta, e logo pela manhã ler coisas tão bonitas, que nos faz parar e pensar.
Um bom domingo
Um abraço